quarta-feira, 6 de abril de 2011

O Dia

O dia amanhece cinza triste e choroso
A tristeza deste dia nos envolve e nos modifica 
Para alguns um dia nublado é maravilhoso 
Para outrem é um dia que mortifica 
Porém na perfeição da natureza é necessário que seja assim 
O dia triste para receber depois o Sol que arde e brilha sem fim

Busco no choro do céu a certeza da renovação 
Mas vez ou outra o choro é amargo e constante 
Veio do céu por pesar de ver a natureza em destruição 
O homem destrói a natureza e o faz com rompante 
Se esquece que no final ele também se destruirá
E sem a natureza viva jamais sobreviverá

Tento entender a ignorância do Homem que parece não diminuir 
Baseado na ganância e no consumismo, mais ele cava sua cova 
Porém ainda existe esperança para natureza mas devemos agir 
Buscar sermos diferentes destes, buscando uma pessoa nova 
Dentro de nós deve crescer a vontade de ajudar e de melhorar 
Mostrar aos outros que o mundo está se acabando apenas com o olhar