quinta-feira, 22 de abril de 2010

Quem és tu?

Quem és tu que paras na esquina?
És diva, fada ou será musa?
Ah! És minha musa?
Será que tenho tamanha sorte?
Que fazes todos os dias ai, parada olhando em minha direção?
Olha que tomas meu coração, aí quero ver.
Serás responsável por mim.
Oh! Musa de meus sonhos.
Que me brinda todas as manhãs com suas esmeraldas nos olhos.
Que me olham fundo n'alma sem mesmo me dirigir o olhar.
Diga-me o que queres que farei.
A única coisa que peço é teu sorriso.
Brilhante como o amanhecer, alvo como nuvens.